top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlexandre Netto

Arthur Conan Doyle: O Oftalmologista por Trás do Detetive Sherlock Holmes

Atualizado: 17 de mai. de 2023


Arthur Conan Doyle, mundialmente famoso por sua criação do icônico detetive Sherlock Holmes, possuía múltiplos talentos e interesses.


Poucas pessoas sabem, mas antes de se tornar um renomado escritor, Doyle exerceu a profissão de oftalmologista. 


Apresentamos a trajetória de Arthur Conan Doyle como oftalmologista e o impacto dessa carreira em sua vida literária.


Arthur Conan Doyle e sua formação médica


  • Estudou medicina na Universidade de Edimburgo, na Escócia (1876-1881)

  • Aprendeu sobre oftalmologia com Dr. Joseph Bell, professor na universidade

  • Bell se tornou a inspiração para a criação de Sherlock Holmes


A carreira de oftalmologista


  • Após concluir seus estudos, Doyle trabalhou como médico embarcado em navios

  • Posteriormente, abriu sua clínica de oftalmologia em Plymouth (1882)

  • Mudou-se para Portsmouth (1885), onde continuou a prática médica


O impacto da oftalmologia na obra de Arthur Conan Doyle


  • Escreveu seu primeiro romance, "Um Estudo em Vermelho" (1887), apresentando Sherlock Holmes

  • A formação médica de Doyle o ajudou a desenvolver uma abordagem analítica e detalhista para sua escrita

  • A carreira em oftalmologia possibilitou a Doyle tempo livre para se dedicar à escrita


A transição para a carreira literária


  • O sucesso de Sherlock Holmes tornou Doyle mais conhecido e bem-sucedido financeiramente

  • Em 1891, decidiu se dedicar exclusivamente à escrita, abandonando a carreira médica

  • Doyle escreveu mais de 50 obras, incluindo histórias de detetive, ficção científica e histórica



Arthur Conan Doyle, um dos maiores escritores de todos os tempos, teve uma carreira notável e diversificada.


Sua experiência como oftalmologista foi crucial para o desenvolvimento de sua abordagem analítica e detalhista na escrita. 


Além disso, sua formação médica influenciou a criação de personagens marcantes como Sherlock Holmes.


É interessante perceber como as múltiplas facetas de um indivíduo podem se cruzar e inspirar obras que atravessam gerações.

80 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page