Buscar
  • Rodrigo Pazetto

Cirurgia de catarata: pequeno porte e alta precisão



Muitos pacientes ficam assustados com a notícia de que vão precisar operar a catarata. Porém, ao contrário do que se pensa no primeiro momento, a cirurgia da catarata é um procedimento simples, rápido, seguro e com ótimos resultados.


O objetivo principal da operação é substituir o cristalino atingido pela doença por uma lente intraocular que vai devolver a boa visão ao paciente. Tudo é feito de forma rápida e sem dor.


A cirurgia

Como falamos, o procedimento é rápido. Primeiro, o oftalmologista aplica um colírio anestésico no olho do paciente. Depois, com o olho já sob efeito da anestesia local, se inicia a operação.


A primeira parte consiste na retirada do cristalino com catarata através da técnica de facoemulsificação (FACO), que aspira a parte prejudicada. Em seguida, é colocada a lente intraocular que substitui o cristalino.


Com a técnica de facoemulsificação (FACO), a cirurgia dura em torno de 20 a 30 minutos. A recuperação também é mais rápida, podendo levar de um dia a uma semana.


Porém existe outra técnica, que é menos utilizada, chamada de extração extracapsular do cristalino (EECP). Com ela, o oftalmologista remove todo o cristalino de forma manual para depois colocar a lente. O procedimento demora um pouco mais e a recuperação também é mais lenta, já que necessita de pontos para fechar a incisão.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo