top of page
Buscar
  • Foto do escritorRodrigo Pazetto

Conheça os diferentes tipos de Catarata e suas características


A catarata é uma condição ocular comum que afeta a visão de milhões de pessoas em todo o mundo. Ela ocorre quando o cristalino do olho se torna opaco, impedindo a passagem adequada de luz e prejudicando a visão. Existem diversos tipos de catarata, que variam de acordo com a causa, localização e idade de início. Neste artigo, vamos explorar esses diferentes tipos, em tópicos, para facilitar a compreensão dessa condição.


Catarata Senil

  • É o tipo mais comum de catarata;

  • Ocorre principalmente em pessoas com mais de 60 anos;

  • Está relacionada ao processo natural de envelhecimento do cristalino;

  • Pode afetar um ou ambos os olhos.

Catarata Congênita

  • Está presente desde o nascimento ou se desenvolve nos primeiros meses de vida;

  • Pode ser causada por infecções, problemas metabólicos ou fatores genéticos;

  • O tratamento precoce é essencial para evitar o desenvolvimento de ambliopia (olho preguiçoso).


Catarata Traumática

  • Causada por lesões nos olhos, como contusões ou perfurações;

  • Pode se desenvolver imediatamente após o trauma ou anos depois;

  • O tratamento depende da gravidade da lesão e da extensão da catarata.


Catarata Secundária

  • Desenvolve-se como resultado de outra condição ocular ou doença sistêmica, como diabetes ou uveíte;

  • Também pode ser causada pelo uso prolongado de medicamentos, como corticosteroides;

  • O tratamento envolve o controle da condição subjacente e, se necessário, a cirurgia de catarata.

Catarata por Radiação

  • Ocorre após exposição a altos níveis de radiação ionizante, como a radioterapia;

  • Pode se desenvolver meses ou anos após a exposição;

  • A prevenção envolve a proteção adequada dos olhos durante tratamentos que envolvem radiação.


Conhecer os diferentes tipos de catarata é fundamental para entender melhor essa condição e identificar sinais precoces. Se você suspeita que pode ter catarata, é importante consultar um oftalmologista para receber o diagnóstico correto e discutir as opções de tratamento!


Lembre-se: o diagnóstico precoce e o tratamento adequado são cruciais para preservar a visão e garantir uma melhor qualidade de vida.

81 visualizações0 comentário
bottom of page