top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlexandre Netto

Facoemulsificação: nome difícil, técnica segura. O método que conquistou a cirurgia de catarata no mundo.



A facoemulsificação é uma técnica moderna e segura utilizada na cirurgia de catarata que tem revolucionado a abordagem a esta condição em todo o mundo.


Conheça os principais aspectos da facoemulsificação, abordando os benefícios e vantagens desse método em comparação com outras técnicas cirúrgicas.


O que é a catarata e como ela afeta a visão?


A catarata é uma opacidade do cristalino, a lente natural do olho, que provoca uma perda progressiva da visão. Essa condição é comum em idosos, mas também pode ocorrer em pessoas mais jovens devido a doenças sistêmicas, traumas oculares ou uso prolongado de medicamentos.


A cirurgia é o único tratamento eficaz para a catarata, sendo a facoemulsificação a técnica mais utilizada e recomendada pelos oftalmologistas atualmente.


A evolução da cirurgia de catarata: do método extracapsular à facoemulsificação

A cirurgia de catarata passou por diversas mudanças ao longo dos anos, com o objetivo de torná-la mais segura e eficiente. Antes do desenvolvimento da facoemulsificação, o método extracapsular era o mais utilizado. Esse método consiste na remoção da catarata juntamente com uma parte do saco capsular onde está o cristalino.


No entanto, essa técnica apresenta maior risco de complicações, como inflamação, edema e descolamento de retina.


Com a introdução da facoemulsificação, a cirurgia de catarata ganhou uma nova perspectiva. Esse método utiliza uma sonda de ultrassom para emulsificar o cristalino opaco, que é então aspirado, mantendo-se a cápsula posterior intacta.

Essa abordagem minimiza os riscos de complicações e permite uma recuperação mais rápida do paciente.


Benefícios e vantagens da Facoemulsificação


A facoemulsificação apresenta diversos benefícios em relação aos métodos tradicionais de cirurgia de catarata:


Menor risco de complicações: A preservação da cápsula posterior diminui o risco de complicações como inflamação, edema e descolamento de retina.


Recuperação mais rápida: A técnica é minimamente invasiva, permitindo uma recuperação mais rápida e menos dolorosa para o paciente.


Melhor resultado visual: A facoemulsificação proporciona uma maior precisão na colocação da lente intraocular, melhorando a qualidade da visão após a cirurgia.


Menor dependência de óculos: O uso de lentes intraoculares modernas e personalizadas permite reduzir a dependência de óculos após a cirurgia.


Tecnologias associadas à Facoemulsificação


A facoemulsificação tem sido aprimorada com o uso de tecnologias avançadas, como:


Lentes intraoculares multifocais: Essas lentes permitem ao paciente enxergar bem tanto de perto quanto de longe, reduzindo a necessidade de óculos após a cirurgia.


Lentes intraoculares tóricas: Indicadas para pacientes com astigmatismo, essas lentes corrigem essa condição ocular, proporcionando uma visão mais nítida e melhor qualidade visual.


Femtossegundo: O laser de femtossegundo é utilizado para criar incisões precisas e controladas, tornando a cirurgia ainda menos invasiva e mais segura.


O processo da cirurgia de Facoemulsificação

A cirurgia de facoemulsificação é realizada em etapas bem definidas:


Anestesia: O paciente recebe anestesia local e sedação leve para garantir conforto durante o procedimento.

Incisão: O cirurgião realiza uma pequena incisão na córnea, através da qual a sonda de ultrassom será introduzida.

Emulsificação do cristalino: A sonda emite ondas de ultrassom que fragmentam o cristalino opaco em pequenas partículas, que são aspiradas simultaneamente.

Implante da lente intraocular: Após a remoção do cristalino, a lente intraocular é inserida na cápsula posterior, restaurando a função do cristalino e melhorando a visão do paciente.

Fechamento da incisão: A incisão na córnea é fechada, geralmente sem a necessidade de suturas.


Cuidados pós-operatórios e resultados da cirurgia

Após a cirurgia de facoemulsificação, o paciente deve seguir as orientações médicas para garantir uma recuperação adequada:

Uso de colírios: O paciente deve usar colírios prescritos pelo médico para prevenir infecções e controlar a inflamação.

Proteção ocular: O uso de óculos escuros e/ou protetores oculares pode ser indicado para proteger o olho operado.

Restrições de atividades: Algumas atividades, como levantar pesos ou praticar esportes de contato, devem ser evitadas nas primeiras semanas após a cirurgia.

Consultas de acompanhamento: O paciente deve comparecer às consultas de acompanhamento para que o médico avalie a recuperação e o progresso da visão.


A maioria dos pacientes apresenta uma melhora significativa da visão já nos primeiros dias após a cirurgia de facoemulsificação. A dependência de óculos pode ser reduzida ou eliminada, especialmente quando lentes intraoculares avançadas são utilizadas.


A facoemulsificação é uma técnica segura e eficiente para a cirurgia de catarata, trazendo inúmeros benefícios para os pacientes, como menor risco de complicações, recuperação mais rápida e melhores resultados visuais.


Com o avanço das tecnologias associadas à facoemulsificação, como lentes intraoculares multifocais e tóricas e o uso do laser de femtossegundo, a cirurgia de catarata tornou-se ainda mais precisa e personalizada,

151 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page