top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlexandre Netto

Hiposfagma: Entenda o Sangramento da Superfície dos Olhos e sua Diferença dos Sangramentos Internos

Atualizado: 11 de abr.


O hiposfagma é um sangramento que ocorre na superfície do olho, causando uma mancha vermelha visível na esclera (parte branca do olho). Embora possa causar preocupação, geralmente é inofensivo e não representa um risco significativo para a visão.


Explicaremos a seguir o que é o hiposfagma, suas possíveis causas e como diferenciá-lo dos sangramentos internos, que podem ser mais graves.


O que é hiposfagma?


O hiposfagma ocorre quando pequenos vasos sanguíneos da conjuntiva (membrana que reveste a esclera e a parte interna das pálpebras) se rompem, causando o acúmulo de sangue na superfície do olho. A condição também é conhecida como hemorragia subconjuntival ou "olho vermelho".


Causas do hiposfagma


Diversos fatores podem contribuir para o rompimento dos vasos sanguíneos e o surgimento do hiposfagma, como:

  • Trauma ou lesão no olho;

  • Esforço físico intenso;

  • Tosse ou espirro forte;

  • Uso de medicamentos anticoagulantes ou antiplaquetários;

  • Hipertensão arterial;

  • Cirurgia ocular recente.


Sangramentos internos versus hiposfagma

Ao contrário do hiposfagma, os sangramentos internos no olho, como a hemorragia vítrea ou hemorragia retiniana, ocorrem nas camadas mais profundas do olho e podem representar um risco maior para a visão. Essas hemorragias podem ser causadas por condições como retinopatia diabética, oclusão de veias retinianas, descolamento de retina, entre outras.


É importante salientar que o hiposfagma difere dos sangramentos internos, pois o tratamento e as implicações para a saúde ocular são diferentes. Se você notar uma mancha vermelha no olho ou apresentar sintomas como dor, diminuição da visão, ou alterações no campo visual, consulte um oftalmologista para uma avaliação adequada.


Tratamento e cuidados com o hiposfagma

Na maioria dos casos, o hiposfagma não requer tratamento específico e se resolve espontaneamente em uma a três semanas. No entanto, é importante monitorar a evolução do quadro e procurar um médico se houver dor, alterações na visão ou se o sangramento não desaparecer. Algumas medidas simples podem ajudar a aliviar o desconforto, como:


  • Evitar esforço físico intenso;

  • Usar compressas frias;

  • Não coçar ou esfregar os olhos;

  • Utilizar colírios lubrificantes, conforme orientação médica.


O hiposfagma é um sangramento na superfície do olho que, apesar de sua aparência preocupante, geralmente não representa um risco para a visão. É importante diferenciá-lo dos sangramentos internos, que podem ser mais graves e requerem tratamento adequado.


Se você apresentar sintomas como manchas vermelhas no olho, dor ou alterações na visão, procure um oftalmologista para uma avaliação correta e orientação sobre o tratamento mais indicado.


Lembre-se de que cuidar da saúde dos olhos é fundamental para manter a qualidade da visão ao longo da vida. Portanto, é importante realizar consultas regulares com um profissional especializado e seguir suas orientações para prevenir e tratar problemas oculares.

32 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page