top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlexandre Netto

Iridotomia com YAG Laser: Entendendo o Procedimento e suas Indicações


A iridotomia com YAG laser é um procedimento oftalmológico minimamente invasivo que tem como objetivo criar uma pequena abertura na íris (a parte colorida do olho) para permitir o fluxo adequado do humor aquoso, o líquido que preenche a câmara anterior do olho. Essa técnica é frequentemente utilizada no tratamento do glaucoma de ângulo estreito e de outras condições oculares que resultam em aumento da pressão intraocular.


A iridotomia com YAG laser é geralmente indicada nos seguintes casos:


Glaucoma de ângulo estreito: Essa condição ocorre quando a drenagem do humor aquoso é obstruída devido ao estreitamento do ângulo entre a córnea e a íris. A iridotomia com YAG laser pode aliviar a pressão intraocular, prevenindo danos ao nervo óptico e perda de visão.


Glaucoma de ângulo fechado agudo: Trata-se de uma emergência médica em que a pressão intraocular aumenta rapidamente, causando dor intensa, vermelhidão e perda súbita da visão. A iridotomia com YAG laser pode ser realizada para restaurar o fluxo do humor aquoso e reduzir a pressão intraocular.


Pupila bloqueada: Algumas pessoas podem apresentar bloqueio da pupila, uma condição em que a íris adere ao cristalino do olho, impedindo o fluxo adequado do humor aquoso. Nesses casos, a iridotomia com YAG laser pode ser indicada para criar uma abertura na íris e permitir o fluxo normal do líquido.

Procedimento da Iridotomia com YAG Laser


A iridotomia com YAG laser é um procedimento ambulatorial, geralmente realizado sob anestesia local. O oftalmologista utiliza um aparelho de laser para criar uma pequena abertura na íris, através da qual o humor aquoso pode fluir livremente. O procedimento é rápido, geralmente durando apenas alguns minutos, e apresenta poucos riscos ou complicações.


Recuperação e cuidados pós-procedimento


Após a iridotomia com YAG laser, o paciente pode sentir uma leve irritação ou desconforto no olho tratado. O médico pode prescrever colírios anti-inflamatórios e analgésicos para aliviar os sintomas. É importante seguir as orientações do oftalmologista em relação ao uso de medicamentos e ao retorno às atividades normais.


A maioria dos pacientes pode retomar suas atividades diárias em um ou dois dias após o procedimento, mas pode ser necessário evitar esforços físicos intensos e exposição direta à luz solar por um período mais longo.


A iridotomia com YAG laser é um procedimento eficaz e minimamente invasivo para tratar condições oculares que causam aumento da pressão intraocular, como o glaucoma de ângulo estreito e o glaucoma de ângulo fechado agudo. A recuperação é geralmente rápida e com poucas complicações. No entanto, é fundamental seguir as recomendações do oftalmologista e comparecer às consultas de acompanhamento para garantir que a pressão intraocular seja controlada de maneira adequada e que a saúde ocular seja mantida.


Possíveis complicações e riscos da iridotomia com YAG Laser

Embora a iridotomia com YAG laser seja um procedimento seguro e eficaz, como qualquer procedimento médico, apresenta alguns riscos e complicações potenciais. Estes incluem:


Elevação da pressão intraocular: A pressão dentro do olho pode aumentar temporariamente após o procedimento. Normalmente, essa condição é temporária e pode ser controlada com medicamentos.


Hemorragia: Raramente, pode ocorrer sangramento durante ou após o procedimento. A maioria dos casos é leve e se resolve sem necessidade de intervenção adicional.


Inflamação: Inflamação no olho tratado pode ocorrer após a iridotomia com YAG laser. O médico pode prescrever colírios anti-inflamatórios para ajudar a controlar a inflamação.


Infecção: A infecção é uma complicação rara, mas possível. Se você apresentar sinais de infecção, como vermelhidão intensa, inchaço ou secreção ocular, entre em contato com seu médico imediatamente.


Iridotomia com YAG Laser x outros tratamentos para o glaucoma


A iridotomia com YAG laser é apenas uma das várias opções de tratamento disponíveis para o glaucoma e outras condições que resultam em aumento da pressão intraocular. Outros tratamentos podem incluir:


Medicação: Colírios e medicamentos orais podem ser prescritos para ajudar a controlar a pressão intraocular.


Trabeculoplastia a laser: Esse procedimento utiliza um laser para melhorar o fluxo do humor aquoso através do sistema de drenagem do olho, chamado de trabeculado.


Cirurgia filtrante: Procedimentos cirúrgicos, como a trabeculectomia, podem ser realizados para criar uma via adicional de drenagem do humor aquoso e reduzir a pressão intraocular.


A escolha do tratamento mais adequado dependerá da gravidade e da causa do glaucoma, bem como das necessidades e preferências individuais do paciente. É importante discutir todas as opções de tratamento com seu oftalmologista para determinar a melhor abordagem para sua situação específica.


Em resumo, a iridotomia com YAG laser é um procedimento oftalmológico eficaz e minimamente invasivo para o tratamento de condições oculares que causam aumento da pressão intraocular. A recuperação é geralmente rápida, e o procedimento apresenta baixos riscos e complicações. No entanto, é crucial seguir as orientações do seu médico e realizar um acompanhamento regular para garantir a saúde dos seus olhos.

71 visualizações0 comentário
bottom of page