top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlexandre Netto

Luteína: o que é e como protege a retina e a mácula

Atualizado: 11 de abr.


A luteína é um nutriente importante que pode ajudar a proteger a retina e a mácula dos danos causados pelo envelhecimento e pela exposição à luz azul. 


Entenda o que é a luteína e como ela pode ajudar a proteger a visão.


O que é a luteína?


A luteína é um pigmento carotenóide que é encontrado em muitos alimentos, incluindo espinafre, couve, brócolis e gema de ovo. Ela é conhecida por suas propriedades antioxidantes e tem sido estudada por seu papel na prevenção de doenças oculares relacionadas ao envelhecimento, como a degeneração macular relacionada à idade (DMRI).


Como a luteína protege a retina e a mácula?


A luteína é um antioxidante potente que ajuda a proteger as células da retina e da mácula dos danos causados pelos radicais livres, que são moléculas instáveis produzidas pelo metabolismo celular. O acúmulo desses radicais livres pode causar danos aos tecidos e está relacionado a doenças oculares, como a DMRI.


Além disso, a luteína ajuda a filtrar a luz azul, que é uma forma de luz de alta energia que pode causar danos aos tecidos oculares. A exposição excessiva à luz azul está relacionada a problemas oculares, como a catarata e a DMRI.


Como obter mais luteína na dieta?


A luteína é encontrada em muitos alimentos, incluindo:

  • Espinafre

  • Couve

  • Brócolis

  • Milho

  • Gema de ovo


Além disso, a suplementação com luteína pode ser benéfica para aqueles que têm dificuldade em obter quantidades suficientes na dieta.


A luteína é um nutriente importante para a saúde ocular e pode ajudar a proteger a retina e a mácula dos danos causados pelo envelhecimento e pela exposição à luz azul. Certifique-se de incluir alimentos ricos em luteína em sua dieta e converse com seu oftalmologista sobre a possibilidade de suplementação com luteína para obter os melhores resultados para sua saúde ocular.

37 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page