top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlexandre Netto

Principais doenças dos cílios e suas características.

Atualizado: 17 de mai. de 2023



Os cílios são pequenos pelos que crescem nas bordas das pálpebras e têm como principal função proteger os olhos contra poeira, sujeira e outros irritantes. 


Além disso, os cílios ajudam a manter os olhos lubrificados, distribuindo as lágrimas pela superfície ocular. 


No entanto, os cílios também podem ser acometidos por diversas doenças, que podem causar desconforto e até mesmo comprometer a saúde dos olhos. 


Entenda as principais doenças dos cílios e suas características.


Blefarite


A blefarite é uma inflamação das bordas das pálpebras, que pode afetar os cílios e as glândulas responsáveis pela produção de óleo. Essa condição pode ser causada por diversos fatores, como infecção bacteriana, alergias e disfunção das glândulas meibomianas. Os sintomas mais comuns da blefarite incluem vermelhidão, inchaço, coceira e descamação das pálpebras.



Tricomegalia


A tricomegalia é caracterizada pelo crescimento excessivo e anormal dos cílios. Essa condição pode ser congênita ou adquirida e, em alguns casos, estar associada a outras doenças sistêmicas, como o lúpus eritematoso sistêmico e a síndrome de Sjögren. O tratamento da tricomegalia pode incluir a remoção dos cílios afetados e o uso de medicamentos para controlar a doença de base.


Tricíase


A tricíase é uma condição em que os cílios crescem na direção oposta, em direção ao olho, causando irritação e desconforto. A tricíase pode ser congênita ou adquirida, sendo mais comum em pessoas com histórico de blefarite ou outras doenças oculares inflamatórias. O tratamento pode incluir a remoção dos cílios afetados ou a realização de procedimentos cirúrgicos para corrigir o posicionamento dos cílios.


Madarose


A madarose é a perda parcial ou total dos cílios, que pode ser causada por diversos fatores, como infecções, doenças autoimunes, tratamentos oncológicos e traumas. O tratamento da madarose depende da causa subjacente e pode incluir o uso de medicamentos, a realização de procedimentos cirúrgicos ou o uso de próteses de cílios.


Distiquíase


A distiquíase é uma condição rara em que os cílios crescem a partir de locais anormais nas pálpebras, geralmente nas glândulas meibomianas. Esses cílios extras podem causar irritação e lesões na córnea, levando a problemas de visão. O tratamento da distiquíase pode incluir a remoção dos cílios anormais e a realização de procedimentos cirúrgicos para corrigir o posicionamento dos cílios.


Resumo simplificado sobre as doenças dos cílios:


As doenças dos cílios podem causar diversos desconfortos e problemas de saúde ocular. É fundamental estar atento aos sinais e sintomas dessas condições e procurar um oftalmologista caso seja necessário. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para prevenir complicações e garantir a saúde dos olhos.


Se você apresenta qualquer um dos sintomas ou alterações mencionadas, procure um médico oftalmologista de confiança para uma avaliação detalhada e orientações específicas para o seu caso.


Lembre-se de que a prevenção e o cuidado com a saúde ocular são fundamentais para manter uma boa qualidade de vida e evitar problemas mais sérios no futuro.


Dica extra: Além de consultar um oftalmologista regularmente, é importante manter uma boa higiene ocular, evitando tocar nos olhos com as mãos sujas, usar maquiagem de qualidade e retirá-la corretamente antes de dormir, e evitar o compartilhamento de itens pessoais, como toalhas e lenços.


Essas atitudes simples podem contribuir para a prevenção de doenças dos cílios e manter a saúde dos seus olhos.


1.053 visualizações1 comentário
bottom of page