top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlexandre Netto

Retinoblastoma: Entenda a Doença, Sintomas e Tratamento

Atualizado: 11 de abr.

O retinoblastoma é um tipo raro de câncer ocular que afeta principalmente crianças pequenas. Embora seja uma condição séria, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado podem aumentar significativamente as chances de recuperação e preservação da visão.


Abordaremos o que é o retinoblastoma, seus sintomas, diagnóstico e opções de tratamento, bem como a importância do acompanhamento oftalmológico regular para crianças.


O que é o retinoblastoma?


  • O retinoblastoma é um câncer que se origina nas células da retina, a camada sensível à luz na parte de trás do olho

  • É o tipo mais comum de câncer ocular em crianças, afetando cerca de 1 em cada 20.000 nascimentos

  • Pode ser hereditário (40% dos casos) ou não hereditário (60% dos casos)


Sintomas do retinoblastoma


  • Reflexo pupilar branco (leucocoria), também conhecido como "reflexo do olho de gato"

  • Estrabismo (desvio do alinhamento dos olhos)

  • Vermelhidão e inchaço do olho

  • Perda de visão ou alterações na visão

  • Em casos avançados, dor ou protuberância no olho


Diagnóstico do retinoblastoma


  • Exame oftalmológico detalhado, incluindo oftalmoscopia indireta e retinografia

  • Exames de imagem, como ultrassom ocular, tomografia computadorizada (TC) e ressonância magnética (RM)

  • Em casos suspeitos de retinoblastoma hereditário, testes genéticos podem ser realizados

  1. Tratamento do retinoblastoma


Terapias localizadas


  • Crioterapia: congelamento das células cancerígenas

  • Termoterapia: uso de calor para destruir as células cancerígenas

  • Terapia fotodinâmica: uso de luz e uma substância química sensível à luz para destruir as células cancerígenas


Terapias sistêmicas


  • Quimioterapia: medicamentos para destruir ou controlar o crescimento das células cancerígenas

  • Radioterapia: uso de radiação para destruir as células cancerígenas


Cirurgia


  • Enucleação: remoção do olho afetado em casos de retinoblastoma avançado ou quando outras terapias não são eficazes

  • Implante de prótese ocular para melhorar a aparência após a enucleação


Acompanhamento e prevenção


  • Exames oftalmológicos regulares são essenciais para o diagnóstico precoce do retinoblastoma, especialmente em crianças com histórico familiar da doença

  • Seguimento com o oftalmologista e outros especialistas após o tratamento para monitorar a recuperação e possíveis complicações


O retinoblastoma é um câncer ocular raro que afeta principalmente crianças, mas com o diagnóstico precoce e o tratamento adequado, as chances de recuperação e preservação da visão são bastante favoráveis. A conscientização dos sintomas e a importância dos exames oftalmológicos regulares são cruciais para identificar a doença em seus estágios iniciais. O tratamento pode incluir terapias localizadas, sistêmicas ou cirúrgicas, dependendo da gravidade e extensão do retinoblastoma.


O acompanhamento com profissionais de saúde e a adoção de medidas preventivas são fundamentais para garantir o bem-estar e a qualidade de vida das crianças afetadas por essa condição.

41 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page