top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlexandre Netto

Série Historias Curtas: A Dádiva da Visão


Era uma manhã ensolarada no pequeno vilarejo onde vivia Dona Maria, uma senhora de 70 anos. Ela sempre fora muito ativa e prestativa, mas, nos últimos anos, notava uma crescente dificuldade em enxergar claramente. Após uma visita ao oftalmologista na cidade vizinha, recebeu o diagnóstico de catarata.


O médico explicou que era uma condição comum na idade dela e que a solução era uma cirurgia simples e rápida. Apesar das garantias do profissional, Dona Maria sentiu um medo profundo de realizar o procedimento.


Com o passar dos meses, sua visão piorou, e as atividades cotidianas tornaram-se cada vez mais difíceis. Ciente da necessidade de enfrentar o problema, Dona Maria resolveu conversar com seu vizinho, Seu Antônio. Ele havia passado pela mesma cirurgia há alguns anos e poderia compartilhar sua experiência.


Seu Antônio, um senhor simpático e sorridente, contou com entusiasmo como a cirurgia havia mudado sua vida para melhor. Ele descreveu a rapidez do procedimento e como foi capaz de voltar para casa no mesmo dia. A recuperação foi tranquila, e, em pouco tempo, ele já enxergava melhor do que nunca. As palavras de Seu Antônio aliviaram o coração de Dona Maria, que decidiu marcar a cirurgia.


No dia do procedimento, a ansiedade de Dona Maria era palpável. Com as mãos trêmulas e suadas, ela assinou os documentos necessários e foi levada à sala de cirurgia. O médico, gentil e paciente, explicou cada passo do processo e tranquilizou-a, garantindo que tudo correria bem.


Horas depois, Dona Maria despertou do efeito da anestesia. A cirurgia havia sido um sucesso, e o médico assegurou que ela recuperaria a visão em pouco tempo. Aos poucos, as cores e formas foram se tornando nítidas novamente, e Dona Maria sentiu uma alegria imensa ao perceber que podia ver com clareza.


Com a visão restaurada, Dona Maria retomou suas atividades e passou a compartilhar sua experiência com outras pessoas da mesma idade que enfrentavam o mesmo problema. 


Ela se tornou uma defensora incansável da cirurgia de catarata, encorajando amigos e vizinhos a enfrentarem seus medos e melhorarem suas vidas.


Através de sua jornada pessoal, Dona Maria transformou seu medo em coragem e passou a ser um farol de esperança e inspiração para sua comunidade.

6 visualizações0 comentário
bottom of page